Dedetização de Carrapatos

Controle da infestação do Carrapato

O carrapato é um dos parasitas que atacam o cachorro, instalando-se em seu corpo e sugando seu sangue. Ele também pode ser encontrado em outros animais, como em vacas, em cavalos e vários outros animais. Os gatos também podem sofrer com esse parasita, mas são casos mais raros.

Transmissão de doenças

Os carrapatos são transmissores de doenças e podem transmitir vírus, protozoários, germes infecciosos, bactérias e neurotoxinas que geram doenças consideradas muito graves.

As doenças que podem ser transmitidas por esses parasitas podem ter várias consequências clínicas que geralmente podem variar de infecções locais simples a sintomas extremamente graves que se não forem adequadamente tratados podem até levar o animal portador à morte.

Duas doenças transmitidas:

  • Febre Maculosa: A febre maculosa é uma doença aguda febril que pode ter sintomas e gravidade variados e é causada por uma bactéria, a Rickettsia ricketsii. O parasita que mais transmite essa doença é o Amblyoma cajennense ou carrapato estrela também conhecido em algumas regiões como carrapato de cavalo, entretanto, outros tipos também podem transmiti-la.
  • Babesiose canina: A babesiose canina também é tida como uma doença grave que pode levar o animal à morte. Vários tipos de carrapato podem ser transmissores da doença, mas o “carrapato vermelho de cachorro” é o maior transmissor.

Como saber se o animal está infestado?

O indicado é esperar o animal dormir, pois é nesse momento que os carrapatos saem da pele do animal. O objetivo é descobrir qual a quantidade de parasitas existem no bicho.

Se encontrar um número acima de 20 já pode-se considerar uma infestação. Perceba que existem os carrapatos adultos e também suas larvas e todos devem ser contabilizados.

É necessário fazer o controle da infestação?

Sim. Após a identificação da presença do parasita no ambiente, deve ser feito o controle químico. Em quintais, gramados e jardins é aconselhado que se faça a aplicação na grama uma vez por mês para evitar que o local se transforme em ninho dos bichos.

Como se dá o controle da incidência do parasita?

A primeira fase consiste em fazer uma análise detalhada para saber o tipo de parasita presente no local e também o grau da infestação.

Depois de feita a inspeção, o profissional decide qual o melhor tipo de produto para aquela situação. Geralmente o local é pulverizado.

O produto utilizado pode ser na forma líquida aplicado com uma atomizadora. Esse tipo de aplicação visa atingir espaços que não conseguem ser atingidos de outras formas.

O controle também pode ser feito por meio de aplicação de superfície. Consiste na aplicação de uma calda inseticida de modo uniforme sobre toda a superfície infectada.

Proteger sua casa ou seu estabelecimento contra esses parasitas pode livrar tanto animais quanto pessoas de doenças graves. Procure um bom profissional para fazer a dedetização da sua casa.

DÚVIDAS SOBRE DEDETIZAÇÃO EM SUA RESIDÊNCIA OU EMPRESA? FALE CONOSCO

Fale Conosco